12 de abr de 2009

Romeu

Prepare o café sem açúcar e no tempo de dois cigarros busque no quarto uma pequena carteira na bolsa onde pequenos papéis determinarão a rotina do dia.
Volte pra cozinha e sente o mais próximo da janela onde verá uma manhã começando a colorir prédios vizinhos.
Aproxime do colo o rádio e siga notícias, atento mais as pontuações de horários rigorosas que os lances iniciais do caótico trânsito.
Retire então um dos papéis de letras miúdas e leia em voz alta:
- Hoje é o dia teu de partir.



*pro meu ariano blog cumprindo um ano de insistências.


proje(c)to

etc.