23 de jun de 2008



Ia postar groselhas da minha vida mas recomendo algo mais importante.
Não custa nada, dêem uma olhadela no trampo do Carlos Latuff.


19 de jun de 2008

Certo desencanto.

É um misto de desencanto com alívio.
É um doer em várias partes, inclusive pelos bolsos e cartões de débito.

Quase não chego a uma conversa séria, um pensamento lógico.
Quase feito um devaneio
, uma dor de barriga, um bode da vida, um porre de vodka baratinha.
Não me presto a servir em doses mínimas, apresso as cavalares e vem a pontiaguda dor no meio do peito, sem os cheiros todos e lembranças...sem vestígios.
Vou vendo e revirando e não há nada. Nada. Tipo a música dos Los Pirata.
Incomoda e alivia. Pressiono e já não sinto bem o que antes latejava.
De repente, aquela cicatriz antiga sumiu e você demora a sentir falta.
A ausência do cheiro que incomoda...
Tudo é o imediato, o valor de troca, o valor da hora, da memória.
Fui deixando, deixando e cá estou, desencantado.

15 de jun de 2008

Rapaz...

12 de jun de 2008

Recomendação da semana!



Maravilha! http://www.myspace.com/tobacco

9 de jun de 2008

...veio junto com a vontade de chorar e abraçar.
foi bem na hora dos sorrisos, dos bilhetes com telefone e recados que se guarda na bolsa.
ficou na última tragada dada sentado em frente ao cinema.
foi com o aperto da mão no até mais.
tudo junto, não premeditado, quase que cantado.
um truque. um clássico. fim de domingo. saudoso fim.
sem relógio, sem pressa, sem controle.
e acho que virá mais. acho...


Culpa do Control, com a tristeza mais cortante. Mas também só isso. (Ok, uma boa fotografia também)


Contraponto: Esse clipe legalzão do Dr. Dog que tá de disco novo.


proje(c)to

etc.